11 Cidades Sem Nenhuma Presença Evangélica – Brasil


Sempre que falamos em missão, pensamos logo em ir para o exterior, mais e o nosso Brasil, o evangelho já tem chegado aos quatro cantos do nosso País? Veja estes dados do censo do IBGE do ano de 2000. É grande mais vale apena ser lido, é surpreendente. Os dados do Censo de 2000 listou 5560 muncípios, mostrando que existem 71 cidades com menos de 1% de evangélicos. A Região Nordeste do Brasil está muito atrás do restante do Brasil em termos de presença evangélica. A média de presença evangélica dentre a população em todas as regiões do país é de 15,41%. No Nordeste, essa média cai para 10,26%. Enquanto que 12 estados brasileiros apresentam taxas acima de 20%, o Nordeste não há nenhum estado com mais de 15% de evangélicos em sua população. E pior. Em 6 estados nordestinos a população de Evangélicos está abaixo de 10%: Alagoas, Ceará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Desses seis estados, Paraíba é o que possui a maior concentração de cidades com menos de 5% de evangélicos. Alagoas fica com o lamentável índice de estado com a maior concentração de cidades com menos de 1% de evangélicos. Já o estado do Piauí é o que possui a população com o mais baixo percentual de evangélicos do país. A capital baiana – Salvador – cidade nacionalmente conhecida pelo grande número de adeptos da Umbanda e do Candomblé, só aparece na 172ª posição da lista.Em 11 cidades brasileiras, o índice de evangélicos é “zero”, ou seja, o censo do IBGE não contabilizou nenhum único evangélico.O Rio Grande do Sul é o estado onde se concentra o maior número de cidades com índice “zero” de evangélicos – 9 cidades ao todo. As 11 cidades sem nenhuma presença evangélica são: Queluzito (MG), Carrapateira (Pb), Boa Vista do Sul (R.G. do Sul), Nova Alvorada (R. G. do Sul), Nova Roma do Sul (R.G. do Sul), Protásio Alves (R. G. do Sul), Relvado (R. G. do Sul), Santo Antônio do Palma (R. G. do Sul), São Jorge (R. G. do Sul), União da Serra (R. G. do Sul), Vespasiano Correa (R. G. do Sul). Essas cidades merecem a atenção da Igreja brasileira. A Região Sul também possui a menor taxa de crescimento anual de evangélicos em todo o país. Entre as 20 cidades brasileiras com maiores índices de seguidores da Umbanda e Candomblé, 16 estão no Rio Grande do Sul e 4 delas aparecem no topo da lista: Rio Grande, Dezesseis de Novembro, Viamão e Bagé. Nova Ibiá, na Bahia, com 7.166 moradores destaca-se como a cidade com o maior percentual de habitantes “sem religião”. Em todo o Brasil 12,5 milhões de pessoas declararam-se sem religião. Esse índice é tão alto que só não ultrapassa o número de católicos e evangélicos. Se somarmos os números de seguidores de todas as religiões – não incluindo católicos e nem evangélicos – o valor dos que se declararam “sem religião” chega a ser mais do que o dobro do número de adeptos de todas as religiões somadas.

About these ads

12 comentários sobre “11 Cidades Sem Nenhuma Presença Evangélica – Brasil

  1. samuel disse:

    a paz amado, moro no pará procurei no mapa as cidades mecionadas mais não conseguir encontrar, mais tudo bem, acredito que Deus que tem levantado tantos homens e mulheres para propagar o evangelho irá enviar-los, pois faz missões no pará e fiquei com meu coração triste por ver essa matéria, vamos orar pra uma providencia divina, a paz.

  2. Tiago disse:

    Queridos Irmãos, eu venho tentando achar um missionário, evangelista para ir pregar as boas novas de salvação nestas cidades, por isso gostaria de trocar ideias com candidatos disponíveis para ir para essa seara! meu e-mail: correiapitta@hotmail.com

  3. pr. francisco costa guerra neto disse:

    A paz queridos, eu não só sei está realidade como sinto, eu não sei mas o que fazer pra conseguir um missionário que esteja realmente interessado nas almas e não no valor que cada uma vai gerar no seu contra-cheques. Se tiver algum homem de Deus lendo este meu escrito e tem fome de almas venha me ajudar por favor . Moro em limoeiro do norte ceará . De preferência um casal. Deus nós abençõe e nós de forças nesses últimos passos em busca do céu.

    • Ola. Pr Francisco Costa
      Sou daqui de Barretos – SP, e meu coração tem queimado pelo nordeste, creio que Deus irá usa a minha familia ainda nesse estado, ganhar almas é o que vale nessa terra, gostaria de conhece mais um pouco da sua historia e como esta a vida de proposito por ai.
      Abração

      Min. I GO

  4. José de Souza Venturieri disse:

    É lamentavel este quadro. Mas o que é mais estarrecedor é que existe muitas igrejas que propagam Misões, enfatizam Missões, mas vivem apenas engando os fiéis que fazem suas doações com muito amor. E no momento em que aparece um obreiro para se dispor a ir, o pastor coloca impecilhos e o campo continua clamando. Levantaí Vossos olhos e vede os campos que estão brancos prontos a serem ceifados. Está existindo milpia por partes de muitos que professam ser missionários. Não é desabafo e sim dura realidade.;
    Quem vos escreve é um homem chamado por Deus com trinta e quatro anos de ministério e cin quenta e sete anos de idade que ha alguns meses atrás deixou tudo para ir a um País que não conhecia, mas que no momento exato, com desculpas de pessoas que não sabe o que é Missões, fomos exacrados, dispensados e o que é pior, nos deixaram sem condições até de sustento. (Porque tinha uma Pizzaria com bastante movimento e antes de partir o pastor presidente disse que se fosse teria que vender. Eu vendi) Hoje estou sem ministério esperando que Deus use um homem de Deus que tenha compromisso com Sua obra e nos convide.
    Obs: Caso esta igreja tenha visão e quiera atingir estas cidades que foram mencionadas no artigo do amado, Estaos à disposição.Eu Pastor José de Souza Venturieri e minha esposa Alcioneda T.M.S. Venturieri. 34 anos de ministério Baista e que prega Cristo Crucificado.

    • Josafá Felix da Silva disse:

      bom dia Irmão meu nome é josafá e minha esposa Rosangela, estamos cansados também de esperar , e de ouvir desculpas queremos ir para o campo e temos conciencia que o Brasil precisa muito do evangelho de Cristo por isso buscamos e oramos pela uma cidade que não tem igreja evangélica ou igreja Batista obrigada iremos orar e conhecer estas cidades será nosso alvo de oração e conhecimento Deus os Abençoe

    • A paz em Cristo.
      Meu amado eu te respondo o porque o nordeste não é evangelizado.

      Descobri algumas barreiras que impedem a evangelização. Entre elas podemos ver:

      1) Dinheiro

      Quando falamos em dinheiro, logo ficamos alerta. Mas porque dinheiro, se as igrejas arrecadam milhões de reais mensalmente. Para onde então vai este dinheiro. Muito simples. Missões não está na coração dos administradores da maioria das igrejas. Um simples motivo. Não trás retorno financeiro a igreja.
      Fazem projeto de missões, ai eu pergunto, e as almas que são buscadas são para Jesus ou para a denominação religiosa. Erustidamente o pensamento é fazer a sua denominação crescer.
      Quando se aplica na implantação de igreja, em todos os projetos de igrejas, existem o pensamento de retorno financeiro em determinado tempo. Ou seja, Escolhe-se , o lugar e faz-se uma estatística de aplicação financeira de um determinando tempo. Ou seja: se junta o gasto com missionário, aluguel, compra de moveis, equipamentos e pronto espera-se o retorno para um ou dois anos.
      Então porque não aplicar no nordeste, muito simples. Não haverá retorno financeiro para a igreja. Primeiro o povo é extremamente pobre. Depende do governo federal para sobreviver. Seria inviável enviar ajuda de custo, mantimentos, tanto para missionário como para o povo. Então chegamos a esta conclusão: As igrejas estão preocupadas com o seu crescimento desde que aja retorno financeiro. As almas que pereçam.
      Quando alguma igreja resolve aplicar no nordeste, esta aplicação é em partes, ou seja: Cria-se uma agência missionária e arrecada-se novamente do povo em forma de contribuição missionária. Os dízimos jamais são usados pois tem que se manter milhares de obreiros na boa vida alegando a dignidade do obreiro em ser bem pago. Agora pergunto: E as almas não deveriam serem alimentadas também. Deus vai cobrar a desobediência ao IDE.

      2) Falta de missionário

      Estamos com uma falta muito grande de verdadeiros missionários, principalmente da responsabilidade daqueles comissionados por Deus. As pessoas normalmente não querem sair de seus lares de seus afazeres e alegam que já contribuem com a obra de Deus com suas ofertas. Deus tem comissionado milhares de pessoas para trabalharem em prol das almas mas os seus projetos pessoais tem os afastado do objetivo maior que é a evangelização.

      3) Despreocupação com as almas

      Se você já é induzido nas igrejas a se preocupar com a sua vida familiar social e financeira, como terá tempo em pensar em buscar almas. O que vemos diariamente são milhares de pessoas buscando uma igreja atrás do que esta está oferecendo, como dinheiro, aquisição de bens, encontros amorosos, passatempo etc. Deus busca verdadeiros adorares. Somente este tem a preocupação em evangelizar. Temos dois lados hoje na implantação de igrejas. Aqueles que implantam com a intenção de viverem dela e outros implantam com a intenção de crescimento do Reino de Deus. Este último deveria também estar no sertão nordestino, mas aí esbarra no fator financeiro.

      4) Despreparo das igrejas:

      Criam-se muitos departamentos dentro de uma igreja com a finalidade da liturgia. O principal que é o missionário é deixado de lado.
      Precisa-se criar urgentemente nas igrejas cursos preparatórios a Missiologia. Destinar uma porcentagem da arrecadação de dízimos a este departamento como se faz numa empresa. A preocupação maior é pagar os obreiros e seus gastos com construção e aluguel de templos, mas não se preocupam com a missão. E quando se fala em missão, procura-se criar outra fonte de arrecadação, pois o que se tem já está empenhado. Enquanto não houver a chama missionária na igreja o sertão nordestino e outras localidades ainda não evangelizadas continuarão sofrendo.

      Pela misericórdia de Deus ainda existem homens preocupados com almas. Que Poe a mão no bolso e faz acontecer. Homens que mesmo na dificuldade cumprem o IDE do Senhor. Graças a Deus, que por causa deste homens não é 0% o número de evangélicos no sertão nordestino e sim um pouco menos de 1%. Mas vamos em frente o Senhor é conosco. O que poderia levar 10 anos para evangelizar muitas almas levará 30 anos, mas evangelizaremos para honra e glória do Senhor.

      Pastor Joceli Antonio Schossler

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s