Como desenvolver uma liderança forte


Por meio de três princípios: Compromisso, Disciplina e Relacionamento.

1- Compromisso: todo crescimento começa com compromisso. Nos tornamos semelhantes àqueles com quem nos comprometemos. Nossa igreja será conhecida pelo nível de compromisso que tivermos como membros. Um líder precisa se comprometer com Deus e com o seu propósito, se deseja ver sua célula crescer espiritualmente. Uma célula comprometida com Deus e com a Igreja, com certeza se multiplicará. Jesus exige compromisso dos seus discípulos. Não podemos seguir a Jesus sem compromisso.

2- Disciplina: os hábitos são formados por disciplina e repetição durante um certo tempo. Depois que os hábitos são formados, eles dificilmente são removidos. Os hábitos são também chamados de disciplina espirituais. Elas são muitas, mas podemos resumi-las em três grupos; precisamos colocar Deus em primeiro lugar no nosso tempo (Mc 1.35), dinheiro (1Co 16.2) e relacionamento (Hb 10.25). Uma célula em que as pessoas buscam se disciplinar nestas áreas, com certeza crescerá sadia.

3- Relacionamento: nossa personalidade é formada pelo nosso relacionamento com nossos pais e irmãos. O mesmo acontece na vida espiritual, nós crescemos quando nos relacionamos com pais e irmãos espirituais sadios. Todos nós precisamos em nossas vidas de um Paulo, de um Barnabé e de um Timóteo. Paulo aponta para o nosso discipulador, aquele que fala em nossa vida. Barnabé é aquele que caminha conosco, é o nosso companheiro de jugo. Timóteo é o nosso filho na fé, nosso discípulo. Todos nós precisamos de um pai espiritual a quem possamos imitar, mas também de um irmão que possa caminhar conosco. Todavia, o crescimento só se completará quando tivermos um filho espiritual.

A partir desses princípios, podemos estabelecer uma célula saudável. Possuindo um compromisso firme com Deus, que caminha de forma disciplinada e que se relaciona entre si dinamicamente.

“Porque de vós repercutiu a palavra do Senhor não só na Macedônia e Acaia, mas também por toda parte se divulgou a vossa fé para com Deus, a tal ponto de não termos necessidade de acrescentar coisa alguma.” (1Ts 1.8).

Como Lidar com a Inveja 3



Continuando…
Você não precisa e não deve sentir inveja de ninguém. O que o outro faz, você pode fazer. Basta ser tão competente e trabalhador quanto ele. Siga seu exemplo. Antes de dizer que alguém tem sorte, nasceu de “quina pra lua”, procure ver primeiro a sua trajetória. Certamente irá se surpreender com as horas, dias e anos dedicados a estudos, planejamentos, trabalho árduo, e verá que tal sucesso não aconteceu por acaso, ao contrário, foi planejado, sonhado e decidido em cada detalhe. Muitas vezes, enquanto você talvez estivesse jogando uma pelada de futebol, comendo seu churrasco, aquele que hoje é taxado de sortudo, estava planejando seu futuro e se preparando para ele, lendo um livro, fazendo um novo curso, pesquisando um novo negócio, planejando seus passos, enfim dedicando todo seu tempo extra se preparar para colher os frutos do sucesso.

“O verdadeiro amigo não é o que é solidário na desgraça, mas o que suporta seu sucesso”. (Vera Loyola)