Missões – Libéria: ”país dos libertos,”


… mas escravos da religiosidade, da pobreza e das dores de uma guerra avassaladora

 Capital: Monróvia.

Moeda: Dólar liberiano.

Governo: Republica presidencialista.

População: 4,1 milhões.

País fundado por ex-escravos norte-americanos, seu nome significa ”país dos libertos”. A Libéria é uma das duas nações da África não colonizadas por europeus, a outra é a Etiópia. Os descendentes de escravos (3% da pop.) formam a elite do país – a mais antiga república africana. A maioria da população vive na pobreza, agravada pelas guerras civis de 1989 e 2003, e pelo embargo que atingiu o país entre 2001 e 2007 – sob a acusação de contrabando de diamantes retirados da Serra Leoa. Quase 10% dos recursos do país vêm do registro de navios de todo o mundo com a bandeira liberiana, graças a um regime fiscal vantajoso aos proprietários. O país foi fundado como um Estado cristão. Porém, com os anos, existe uma teórica liberdade religiosa, mas na prática há pressões sobre os cristãos para se adequarem às sociedades secretas ocultistas. Aproximadamente 41% da população seguem crenças tradicionais e somente 12,5% é protestante.

Resposta de oração

O fim da luta em 1996 e a paz relativa têm permitido alguma recuperação para a população sofrida.

 Desafios de oração

O país foi devastado e as pessoas ficaram traumatizadas com a guerra civil. Ela também foi influência maligna que envenenou grande parte do oeste da África, especialmente Serra Leoa, e cada vez mais, a Guiné. Suas raízes estão no profundo ódio étnico, na ganância na ambição pelo poder e em um cristianismo descomprometido – que deu espaço ao inimigo. Ore especificamente por:

– Um governo e lideranças que rejeitem a opressão, a violência institucional e a cultura endêmica de extorsão e corrupção;

– Reconciliação entre os grupos étnicos que estiveram envolvidos nas lutas, nas atrocidades e nos massacres, especialmente os mandingo e krahn de um lado, e os mano e gio do outro;

– cura dos terríveis ferimentos físicos, psicológicos e espirituais causados pela guerra;

– Resgate dos filhos da guerra. crianças foram forçadas a se tornarem soldados. Mais de 50.000 foram mortas na luta, e em 1996 ainda restavam 15.000 que carregavam armas. Todas as 1.400 milhões de crianças com menos de 17 anos foram traumatizadas, perderam sua educação formal e muitas são órfãs. Ore pelas igrejas e agências que buscam reparar alguns dos estragos, restaurar a vida familiar e trazê-las ao evangelho.

:: Intercessão mundial

Tapa na Cara


Quantas vezes você já se comprometeu com Deus dizendo que agora você iria se dedicar, ler a Bíblia todos os dias, orar, procurar um relacionamento mais próximo a Ele? Quantas vezes tal plano fracassou? No Antigo Testamento podemos ver um exemplo de um estudioso da Palavra de Deus: Esdras, um escriba.

Antigamente os escribas serviam aos reis como uma espécie de secretários mas, do período exílico em diante, os escribas passaram a ser estudiosos que pesquisavam e ensinavam a Palavra de Deus. Esdras estudava com dedicação, motivado e objetivado a crescer e ensinar com a ajuda do Senhor. Podemos ler no livro de Esdras capítulo 7, final do versículo 9 e versículo 10: “ Porque a boa mão do seu Deus estava sobre ele. Pois Esdras tinha decidido dedicar-se a estudar a Lei do Senhor e a praticá-la, e a ensinar os seus decretos e mandamentos aos israelitas.”

Esdras se dedicou tanto que até fundou uma espécie de sistema de educação religiosa naquela época para restaurar a verdadeira adoração. O significado do nome deste homem é “O Senhor ajuda”, e realmente o Senhor ajudou Esdras a realizar muitas coisas, como a voltar para Jerusalém com o apoio do rei Artaxerxes I da Pérsia (o que parecia impossível).

Pra quem não sabe, no ano de 2011 eu fiz um curso chamado Curso Bíblico Básico, no qual fiquei um ano estudando a Palavra de Deus, fazendo viagens missionárias, ajudando em acampamentos, etc. Não sou uma espécie de escriba e não estou querendo me orgulhar por ter feito o curso mas, para você entender o que vou escrever nos próximos parágrafos, essa informação é importante.

Este ano de 2012 estou fazendo um cursinho pré-vestibular e pode acreditar: estou estudando muito. Estou me dedicando pra valer. Um dia desses antes de dormir eu estava orando e Deus me mostrou uma coisa: dedicação é necessária em todas as áreas da vida. Parece meio óbvio e é, um pouco. Então refleti sobre isso e concluí que estou me dedicando mais ao estudo das ciências, linguagens, exatas, humanas e tal, do que me dedicava ano passado ao estudo da Bíblia. Quando me dei conta disso foi praticamente um “tapa na cara” para mim.

Então quer dizer que se for para passar em uma prova vestibular que me conceda a entrada em uma faculdade, estudo, mas se for para passar na prova que me conceda entrada garantida no céu, não me dedico tanto? Pois é, foi assim comigo, e acredito que com muitos de vocês também é. Honestamente me sinto envergonhado disso, mas é a verdade. As vezes estamos tão entretidos com os afazeres, trabalho, faculdade, estudos, coisas que nos trarão um resultado imediato, que acabamos deixando de lado o projeto que Deus tem para nós: à longo prazo.

Saibam que Deus estava com sua “boa mão” sobre Esdras, não apenas por que ele estudava Sua Palavra, mas também por amorE se existe algo imensurável em todo o universo é o amor de Deus, ou seja, mesmo nas horas em que não nos dedicamos tanto ao estudo da Bíblia Ele ainda está e estará com sua “boa mão” sobre nós por Seu amor.

Sempre é tempo de recomeçar. Se você deixou de lado a leitura da Bíblia, retome! Se não está mais orando como antes, ore! Dedique um tempo do seu dia nessas tarefas de longo prazo que Deus se alegrará contigo ainda mais!Não deixe que seus compromissos o afastem de Deus. Busque a Ele cada dia mais pois, tenho certeza, que Ele deixará ser encontrado! ( Mateus 7:7-8)

:: http://www.massacrente.com.br ::

Quebra Gelo – Verbo Proibido


Como seria a nossa vida se nos não tivéssimos o verbo para expressarmos ?

Peça para cada pessoa dizer o seu nome, o que mais gosta de fazer uma pergunta para a pessoa ao lado. Ele pode falar qualquer coisa mais não pode usar nenhum verbo.

Moral: Nossa vida seria muito dificil se não tivéssimos o verbo para nos expressarmos porque o verbo é que dá sentido a nossa comunicação. Sem o verbo, tudo que dizemos fica sem sentido, confuso.

A biblia diz em João 1:1 que Jesus é o verbo vivo de Deus. Sem ele a nossa vida é vazia e sem sentido.

Quebra Gelo – O Mestre Mandou


Peça a todos para ficarem de pé, faça um círculo, e explique a dinâmica:

Objetivo: Mostrar que é possível imitarmos a Cristo.

Dinâmica: O líder vai ser o primeiro que irá fazer algo engraçado ou um  gesto (ex. Bater Palmas) para que todos o imitem. Logo a seguir, a pessoa da direita irá fazer o que o líder fez e outra coisa engraçada ou gesto para que todos repitam (Bater Palmas, Abaixar), ou seja, vai adicionando os gestos e atitudes, o terceiro faz o que o líder fez, o que o segundo fez e algo novo (Bater Palmas, Abaixar, Gritar Glória a Deus), e assim sucessivamente.

Explicação: Paulo diz para sermos imitadores, o que é isso? Temos que ter as mesmas atitudes de Jesus, viver como Ele, fazer a obra d’Ele como Ele fez.

Devocional


De chinelos vermelhos

EFÉSIOS 6.10-20

… calçai os pés com a preparação do evangelho da paz. (Ef 6.15.)

Um pregador inglês fora convidado a dar a palavra em uma igreja brasileira. Seu sermão já estava preparado, e ele se achava em oração. Então, nosso irmão se aprontou para aquele culto vespertino. Colocou a camisa, a gravata, as meias, o paletó, e, como estivesse um pouco frio, permaneceu de pantufas vermelhas nos pés. Como aqueles chinelos eram quentinhos! Resolveu ficar com eles até à hora do culto, pois a casa onde estava ficava bem próxima à igreja.

Como todo bom inglês, chegou um pouco mais cedo e dirigiu-se ao púlpito, onde já se encontrava o pastor. Cumprimentaram-se alegres, mas o pastor estava um pouco inquieto e olhava constantemente para os pés do visitante.

É que ele se esquecera de tirar as pantufas: estava de terno e gravata, mas de chinelos vermelhos. E o pastor resolveu perguntar-lhe se realmente ele pretendera vir de chinelos para pregar.
“Oh, não. Desculpe-me; eu me distraí e, por causa do horário e do frio,esqueci-me de tirá-los.”

E alguém se dispôs a buscar os sapatos para o pregador. Não combina estar de gravata e chinelos vermelhos. Assim também para
lutar precisamos da armadura de Deus. Não podemos ir para a guerra despreparados.

Precisamos colocar o capacete da salvação, o cinturão da verdade, a couraça da justiça, tomar o escudo da fé, a espada de dois gumes e calçar os pés com as sandálias da preparação do evangelho da paz.
Você está vestido corretamente para a guerra de hoje?
Meu Senhor, eu quero estar vestido, com tuas vestes alvas de justiça e paz, bem limpo e puro e com o teu perfume:
Como soldado visto a armadura, pois eu sei que a batalha é dura, que o inimigo é mui perspicaz,
Quero estar pronto e vitorioso, olhar para frente e não olhar atrás.

Pai, nas lutas da vida, eu sei que já nos deste a vitória em Cristo. Ajuda-nos a viver nessa dimensão de vitoriosos, e não nos deixes esquecer dos nossos pés, de calçá-los para levar Tua Palavra até mesmo nas batalhas. Amém.