Liderar é Um Desafio


“… sede fortalecidos no Senhor…para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo.” (Ef 6.10-11.)

Sempre ouvi a expressão: “liderar é um desafio”. A palavra desafio significa, entre outras coisas, peleja e porfia. Por peleja entendemos batalha. Porfia é perseverança, entre outras definições. Misturando tudo, entendemos que liderar é enfrentar com perseverança uma batalha.
Em Efésios 6.12 lemos: “Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.” Estamos em uma guerra espiritual. Nunca contra pessoas, mas sempre contra toda força maligna que é gerada e enviada pelo inimigo em nossa direção.
Seja qual for a sua área de atuação na igreja, todo grupo tem razões pelas quais existe e alvos a alcançar. A intenção do diabo é impedir que os projetos de Deus se realizem e para isso ele investe em ataques pesados contra nós, que somos os instrumentos de Deus.
Ele sabe que o ser humano, quando vazio de Deus e movido pela emoção, é um alvo fácil. Um líder ferido não consegue guiar. Integrantes feridos não conseguem obedecer.
Resultado: um grupo machucado, que não evolui! Minar os corações é a estratégia preferida do inimigo para que a Igreja não avance. E quando ficamos mais preocupados em fazer atividades constantes do que em investir em nosso relacionamento pessoal com Deus, facilitamos para ele. O ataque do inimigo começa em nosso coração e precisamos protegê-lo, mas como? Buscando a Deus.
Um líder que busca a presença de Deus e Sua Palavra age com sabedoria, pois é guiado pelo Espírito Santo em todos os seus passos. Uma equipe que igualmente está conectada a Deus, reconhece a Sua vontade nas orientações do líder e obedece com amor. Claro que pode haver divergências de opiniões, dificuldades. Mas quando Deus é o centro de uma equipe, na hora certa a tempestade interna passa e tudo termina bem.
Se nossas ações forem baseadas sempre em nossas opiniões e nossos gostos particulares estaremos desprotegidos espiritualmente. Por isso cada decisão deve ser tomada visando o cumprimento dos planos de Deus para nossa equipe. Sempre lembrando que todos fomos escolhidos POR DEUS e trabalhamos PARA ELE. Tudo que somos tem origem em Deus, portanto toda a oposição tem origem no diabo.

Sim, liderar é um desafio.

::Thais M. Brum
Líder de Louvor e Adoração na Igreja Metodista em S. Pedro de Alcântara – Pádua /RJ

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s